Rodrigo Meireles, Estudante de Direito
  • Estudante de Direito

Rodrigo Meireles

Sorocaba (SP)
2seguidores42seguindo
Entrar em contato

Comentários

(7)

Recomendações

(11)
Marcelo Rodrigues, Estudante de Direito
Marcelo Rodrigues
Comentário · há 4 meses
Caro Filipe, tenho 25 anos de serviço público no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, portanto, escrevo com base em minha experiência neste órgão. Por todos os setores pelos quais passei nestes anos posso te assegurar com certeza que 9 em cada 10 funcionários concursados do baixo escalão trabalhavam muito, com responsabilidade e tentando fazer sempre o melhor, muitas vezes comprando ou levando material de escritório para poder trabalhar. Portanto, não generalize por favor chamando a todos de inúteis. Quanto à estabilidade, nunca foi um direito absoluto, servidores incompetentes sempre estiveram sujeitos à demissão bastando apenas prévio processo administrativo instaurado pelo superior hierárquico e estes não são tão raros como se imagina. Quanto à remuneração e regalias, procure se informar melhor, altas remunerações e regalias são restritas apenas aos concursados de "1ª classe" (juízes, promotores, por ex.) , os demais funcionários, em número infinitamente maior, não tem altos salários (pesquise) , não tem regalias, não tem direito a fundo de garantia e, repito, não merecem a pecha de inúteis pois trabalham muito sim. Apenas quanto àqueles que vivem de licença médica, você tem muita razão, mas para resolver este problema bastam perícias mais rigorosas e fiscalização séria e competente. Você pode não acreditar mas os concursados de 3ª classe"do serviço público que são esmagadora a maioria também é contra e abomina as regalias e o corporativismo dos concursados de"1ª classe" Estou certo de que você concordará comigo que não posso chamar todos os advogados de" inúteis "ou" preguiçosos "apenas porque alguns ao invés de estudar e pesquisar, vem ao balcão do cartório pedir para que os funcionários os orientem sobre seu trabalho. Enfim, peço apenas que se informe melhor e que evite generalizações pejorativas com termos como" inúteis " que são sempre injustas por sua própria natureza e podem vir, um dia, abrangê-lo injustamente também.

Perfis que segue

(42)
Carregando

Seguidores

(2)
Carregando

Tópicos de interesse

(29)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

ANÚNCIO PATROCINADO

Outros perfis como Rodrigo

Carregando

Rodrigo Meireles

Entrar em contato